Bem-vindos à Igreja Evangélica Comunidade Encontros com Jesus

DEUS PODE SALVAR A SUA CIDADE

VOCÊ QUER? VOCÊ CRÊ?
“... Há, porventura, alguma coisa difícil ao Senhor...” Gênesis 18:14
“Pois para Deus nada é impossível...” Lucas 1:37
“Disse Jesus: TIRAI A PEDRA. Disse Marta, irmã do morto: Senhor, já cheira mal, pois é o quarto dia. Não te disse que se creres verás a glória de Deus?” João 11:39-40

     Foi Deus quem criou cada nação e cada cidade. Deus ama as cidades e as nações. (Isaías 45:12; Êxodo 19:5,6).

     As cidades são formadas por pessoas: são pessoas organizadas em sociedade para serviço mútuo e cuidado mútuo. As cidades são pessoas. Deus ama as pessoas e ama as cidades.

     As cidades são provisões estruturais de Deus para Ele cuidar e suprir as pessoas, porque Ele é quem dá a todos vida, a respiração e todas as coisas; e estabelece, no início, os limites de cada cidade e nação (veja Atos 17:25-26; Isaías 45:12). As cidades são a nossa família maior. Cada habitante da nossa cidade, cada pessoa que conosco faz a nossa cidade é nosso parente próximo todos os que fazem à cidade conosco são nossos parentes (Atos 9:1-3). Somos responsáveis uns pelos outros somos guardados dos nossos irmãos (não sejamos como Caim).

     A nossa cidade é também a nossa casa, a nossa habitação. É através dela que Deus supre todas as nossas necessidades. Nela e através dela trabalhamos, formamos nossas famílias imediatas, somos educados, treinados profissionalmente; é nela e através dela que recebemos sustento diário, provisões de saúde. É em nossa cidade que adoramos, cultuamos e servimos ao Deus vivo etc.

     A sua cidade é importante para você?

          Você ama a sua cidade?

               Deus ama a sua cidade enquanto cidade.

                    Deus ama as pessoas que fazem a sua cidade.

Continue Lendo . . .

SER UM GUIA NA VIDA DO POVO DE DEUS

(Um homem ou uma mulher de valor)

Texto: Números 10:31,35,36 e 11:12

     Vivemos em uma época em que Deus está carecendo de homens e mulheres que sejam responsáveis perante o chamado que Ele lhes fez Efésios 4:1-4 Meditar, pois este chamado trará uma influência positiva e não pode ser negativa na vida das pessoas, estes serão orientados e não podem ser desorientados no seu caminhar na terra. Na realidade, Deus procura homens e mulheres de valores que correspondam ao chamado e a visão que Ele dá. Vejamos:

     A primeira coisa que Deus faz através do Espírito Santo é, chamar a pessoa para ser um espelho de visão na vida de outras pessoas. Falaremos neste estudo sobre a vida de Jetro ou Reuel.

     Quem era Jetro (que significa preeminência, ou seja, uma pessoa excelente, que ocupa uma posição mais elevada/superior) ou Reuel (quer dizer “amigo de Deus”);

     Quem era os medianitas Filhos de Abraão com Quentura sua mulher após a morte de Sara. Gênesis 25:1-6;

     A função de Jetro ou Reuel era sacerdote de Mídiã, não se sabe o nível de sacerdócio que ele exercia, mas o próprio nome nos dá indicações significativas de sua pessoa e do seu envolvimento com o Senhor, pois naturalmente aprendeu algo com seus antepassados acerca do Deus de Abraão, seu pai. Êxodo 18:9-12

     Deus chamou a Jetro ou Reuel para criar, educar, cuidar, zelar, fortificar e orientar o libertador do seu povo que seria o profeta Moisés, Deus tem escolhido hoje homens e mulheres de valores para tal tarefa. Este é o seu caso? Sim ou Não!

     O homem ou a mulher que Deus tem colocado como instrutor do seu povo hoje, é um bom conhecedor do deserto, sabe o que acontece lá, pois Midiã fica no oriente no deserto, sabe o que é uma seca, sabe como são as feras, sabe como é racionada a comida e a água, sabe ser um procurador, desbravador de Oásis e também sabe ser forte, pois o deserto o fez assim,

Continue Lendo. . . 

SINAIS DE APOSTASIA

     Abandono/afastamento do Senhor Jesus/da Igreja Dele

     “Sabe, porém, isto: Nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis; pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeição natural, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder. Afasta-te também destes. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; que aprendem sempre, mas nunca podem chegar ao conhecimento da verdade. E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de atendimentos e réprobos quanto a fé. Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesta a sua insensatez, como também aconteceu com a daqueles.” II Timóteo 3:1-9

     Aplicação: Tempo de muita dor. Dor decorrente das ondas sucessivas de apostasia que estarão levando vários de nós.

     Medite, a partir de você, com o Espírito Santo, se as ondas da apostasia passarão sobre você. Faça com a humildade do Senhor Jesus.

1- “...pois os homens serão amantes de si mesmos (egoístas)...”: O amor a si mesmo no tempo do fim.

     Algumas Manifestações Desta Apostasia:

a) Ausência do Novo Mandamento; João 13:34,35; I João 2:6-11

b) Egoísmo: Busco primeiro o meu reino, a minha satisfação, tudo que me dá prazer; Mateus 6:33

c) Dificuldades para estar junto (comunhão uns com os outros) como Igreja (Grupo de Comunhão): não me esforço, não priorizo, não abro espaço, não “faço” tempo. Isto não é prioridade em minha vida; Filipenses 2:1-4

d) Rejeição, resistência a todo mandamento que envolva sacrificar o “eu”: vivo para mim. Sou o centro de minha vida. Estando eu bem, não me inquieto com o irmão. Minha alegria é minha alegria. Minha tristeza é minha tristeza. Juízes 6:13,15

e) Dificuldade de cultivar amizade: tenho dificuldade de ser amigo; vivo uma vida isolada dos demais membros do Corpo. Não compartilho decisões, necessidades, alegria, dor, sofrimento, conquista. Não participo com os irmãos na alegria, nas dores, nos sofrimentos dos irmãos, nas perdas, nas enfermidades, etc.; Salmo 55

Continue Lendo . . .

UM CORAÇÃO FERIDO É ENGANOSO

     Um coração magoado e machucado, nos impede de ver e ser o projeto de Deus, na família, na Igreja e na sociedade onde Deus nos plantou.

     O nosso coração demonstra quem nós somos.

     Na Bíblia nada acontece por acaso, tudo tem um propósito.

     Isaque ficou cego, por que ele poderia atrapalhar ou retardar o projeto de Deus sobre a vida de Jacó. Pois Isaque amava a Esaú, mas Deus amava a Jacó - (Gênesis 25:28). A nossa alma, gosto, desejo, não pode ser maior daquilo o que Deus quer fazer, o plano de Deus, sempre será melhor, em todas as áreas Isaías 55:8-9. Mesmo que eu tenha um plano para meus filhos, devo perguntar qual é o de Deus, pois, o Dele sempre será melhor.

QUAL ERA O PROJETO DE DEUS

Gênesis 25:23

     Deus não nos chamou a sermos caçadores (síndrome de Caim, andaria errante, sem ramo, perambulando), mas, sim pastores, pessoas sossegadas, guardadores da casa e das pessoas Gênesis 25:27 e medite Gênesis 2:23-24;

     Deus nos manda guardar o leito matrimonial, só o Pastor (Jacó) sabe guardar sua casa, o caçador (Esaú) sempre a abandona por causa de uma aventura;

     O que o caçador faz: não dar valor ao direito de primogenitura, ou seja, era um aventureiro e não cumpria os seus deveres de um verdadeiro líder que Deus sempre quer, levava com pouco caso este direito trocou este direito, por uma refeição banal, que era um prato de lentilhas (refeição comum).

     Algo nos parece familiar, em alguns momentos, trocamos os propósitos de nossas vidas, por uma fome de desejo, que pode ser controlado. Esaú não morreria se não comece aquele dia, muito menos nós se não fizermos algo do nosso desejo. Tudo tem que ser controlado e colocado diante de Deus, para uma boa orientação. Gênesis 25:29-34;

     Outra coisa que um caçador faz: não conversar com os pais sobre o namoro e casamento, o caçador se acha auto-suficiente e namora e casa com quem quer (Gênesis 26:34-35), mesmo que isto ofenda seus pais. O temor de Deus não está sobre um caçador. Pense nisso!

Continue Lendo . . .

O SERMÃO DO MONTE - parte 7

"Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.(Mateus 5:9)"

Introdução:

     → Vivemos num mundo em guerra. Há rumores de guerra em todos os cantos da terra. Há guerras em países da Europa, da África, na América, da Ásia, em todos os continentes, e em todos os cantos de nosso pequeno planeta. Através dos meios de comunicação descobrimos que há guerra em toda parte. Podemos ver não apenas nação contra nação, mas lutas raciais, sociais e familiares. Sim, há lares em guerras. Uns em guerras silenciosas, outros em guerras com armas tão daninhas quanto este silêncio da indiferença e da insensibilidade.

      Há também guerras religiosas. Há pessoas destruindo outras em nome de Deus, da igreja e da religião. A inquisição tem roupagem nova, uma maquiagem para confundir os homens, mas o seu alvo é um só: matar os homens, queimá-los em nome de Deus e da sã doutrina; é o quadro hoje do estado Islâmico.

      A guerra gera o medo, fome, peste e enfermidades. A guerra produz a humilhação, o aviltamento à escravidão. A guerra traz o inferno à terra. Assim sendo, nunca deveríamos defender a guerra pois não é isto que Jesus nos ensinou.

O que significa o pacificador

     - O pacificador não significa aquele que desfruta da paz. Embora não haja coisa alguma errada em desfrutar da paz.

     - O pacificador também não é aquele que é parado. Isto é, sem ação. Incapaz de agir ou reagir.

     - O pacificador não é também aquele que diz que há paz quando não há paz. Ele não é um mentiroso ou enganador ou iludido (Jeremias 6:14).

     - O pacificador é o engenheiro da paz. O que promove a paz entre os homens. O que constrói pontes entre as pessoas. Ele luta para trazer o céu à terra.

     - Os pacificadores são filhos de Deus, do Deus da paz. Eles ativamente trabalham para trazer paz e reconciliação onde há ódio e inimizade. Os pacificadores fazem parte do ministério de reconciliação dos homens entre si e dos homens com Deus (II Coríntios 5:18,19; Efésios 2:14,15; Colossenses 1:20). Eles são ministros de Cristo. Eles são ministros da reconciliação e da paz de Deus em Cristo Jesus.

     - Os pacificadores não buscam os seus próprios interesses de forma egoísta. Eles buscam o interesse de Deus: a paz na terra.

Continue Lendo . . .

O SERMÃO DO MONTE - parte 3

Introdução

     → A humanidade pensa em termos de força, de poderio, de habilidades, de auto segurança e de agressividade. Essa é a ideia que este mundo faz de conquista e predomínio. Quanto mais uma pessoa se impõe e se expressa, quanto mais se organiza e manifesta o seu poderio e as suas habilidades, tanto mais perto se acha do sucesso e do progresso. Não obstante, derrubando tal conceito, eis que soa essa notável declaração: “Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra”.

     → O discípulo é alguém inteiramente diferente das pessoas deste mundo. Trata-se de uma diferença quanto à qualidade, de uma diferença essencial. O discípulo é um novo homem, é uma nova criação; pertence a um reino totalmente distinto deste mundo. O mundo não somente é diferente do discípulo, o mundo nem ao menos é capaz de entendê-lo. Para o mundo, o discípulo é um enigma. (Hebreus 11:38a)

     → Ao usar a mesma expressão várias vezes Jesus deixa claro o propósito de sua vida e ensino aqui na terra: fazer os homens felizes.

     → Vivemos num mundo marcado pela infelicidade. Há pessoas que pensam que felicidade é algo utópico, isto é, nunca se alcança aqui na terra. Há pessoas infelizes porque fracassaram profissionalmente. Há outras infelizes porque tiveram suas famílias destruídas. Há muitos infelizes porque não possuem todos os bens materiais que o mundo oferece. Há milhares que acreditam que a felicidade encontra-se nas coisas materiais que o mundo oferece. Ledo engano.

O que não significa ser manso

     → Há pessoas que pensam que ser manso significa ser fraco. NÃO. Claro que não. Outros há que pensam que o manso é alguém incapaz de agir ou reagir. Alguém totalmente passivo. Esta é uma outra ideia errada. Ser manso não é um defeito. O manso não é uma pessoa incapaz de decidir, e nem parado em relação a vida.

O que significa ser manso

     → Ser manso é um traço característico e natural na vida dos discípulos de Jesus que são humildes de espírito e choram tal condição neste mundo. É uma consequência na personalidade daqueles que possuem as duas primeiras marcas conforme Mateus 5:3,4.

Continue Lendo . . .

Versículo do Dia

Jr 44:7

"Agora, pois, assim diz o SENHOR, Deus dos Exércitos, Deus de Israel: Por que fazeis vós tão grande mal contra as vossas almas, para vos desarraigardes, ao homem e à mulher, à criança e ao que mama, do meio de Judá, a fim de não deixardes remanescente algum; "



by Estudo Bíblico

Família do Reino de Deus

107 - PEDIDO DE UMA CRIANÇA A SEUS PAIS

       Não tenham medo de serem firmes comigo. Prefiro assim. Isto faz com que eu me sinta mais segura.        Não me estraguem. Sei que não devo...

183 - PARA MEDITAR

     - Olá! Como você acordou esta manhã? - Eu vi você e esperei, pensando que falaria comigo, mesmo que fossem apenas umas poucas palavras, querendo saber minha opinião...

216 - FOLHAS SECAS

     Se viver fosse fácil não teríamos tantas dores e problemas espalhados em todos os cantos do planeta.      A dor visita a cada um de nós com tarefas...

192 - ANDANDO NA VERDADE

     Creio que em nossos dias a nossa maior alegria é saber que nossos irmãos e filhos na fé andam na verdade. Os dias são maus diz a Palavra...

18 - DEUS NÃO QUER RESTOLHOS

     A oferta faz parte da vida cristã.      A mordomia bíblica ensina como, quando, porque e para que o cristão agradece ofertando.      A fé no Senhor Jesus...